• Posto Aliança
  • Construforte
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • floriano shop
  • Paraiba
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Construforte
  • Oticas Floriano
  • Paraiba
  • Garoto
  • floriano shop
  • Posto Aliança
  • Farmaduty

A expulsão do cantor Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, 29, do reality A Fazenda 13 (Record) neste sábado (25) tem mais uma polêmica. O artista está sendo investigado pela polícia por suspeita de estupro de vulnerável.

5ceea3bfd4f9b38d9c11e66e55fd5c27Dilson Silva / AgNews

As informações foram confirmadas em nota enviada ao F5 pela Secretária de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) (leia a íntegra mais abaixo). A expulsão ocorreu após os espectadores acusarem o participante de supostamente estuprar a modelo Dayane Mello, 32, na madrugada deste sábado (25), após a segunda festa do programa.

Segundo o órgão, a advogada da vítima compareceu a um distrito policial e informou às autoridades os fatos. Ela também apresentou uma unidade de armazenamento portátil com as imagens gravadas do ocorrido.

Não devem ser divulgados mais detalhes a fim de preservar a investigação, segundo a SSP-SP.

Veja a íntegra da nota enviada pela secretaria:
"Um cantor, de 29 anos, é investigado por suspeita de estupro de vulnerável contra uma mulher, de 32, dentro de um reality show, neste sábado (25), em Itapecerica da Serra. A advogada da vítima compareceu ao distrito policial e relatou os fatos, além de apresentar um pendrive com as imagens do ocorrido. O caso foi registrado pela Delegacia de Itapecerica da Serra. Outros detalhes serão preservados a fim de garantir a autonomia do trabalho policial."
EXPULSÃO
A Record decidiu expulsar Nego do Borel do reality após o participante supostamente estuprar a modelo Dayane Mello. Em nota, a Record afirmou que "diante dos fatos apurados, a direção da Record TV decidiu pela retirada do Nego do Borel da competição".
A emissora também informa que Dayane passou por atendimento psicológico. Circulam nas redes sociais trechos de vídeos dos peões no quarto após a comemoração. Dayane aparentava estar muito bêbada e outros participantes a ajudaram a se trocar e a se deitar.

 

Fonte: Folhapress

Uma mulher foi morta a tiros no início da tarde deste sábado (25) em um bar localizado bairro São Joaquim, zona norte de Teresina. De acordo com informações do 9º Batalhão da Polícia Militar, outras duas pessoas foram atingidas pelos disparos de arma de fogo no local, mas conseguiram fugir e buscar atendimento no hospital do Buenos Aires, também na zona norte.

12ace021714a038813f384f3f3fcadb4Foto enviada por whatsapp

Ainda segundo a PM, a mulher, que não teve a identidade revelada, estava sentada no bar quando foi surpreendida pela chegada dos suspeitos que efetuaram os disparos. A motivação ainda é desconhecida.

Uma equipe do 9º Batalhão isolou a área para aguardar a chegada da perícia e do Instituto de Medicina Legal(IML), responsável por recolher o corpo.

O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa(DHPP), que também enviou equipes ao local do crime para coletar informações.

O bar, localizado na rua Alfa, no bairro São Joaquim, é o mesmo que registrou um duplo homicídio em julho deste ano. Na ocasião, dois homens foram atingidos pelos disparos de arma de fogo também enquanto estavam sentados em uma das mesas do estabelecimento.

 

Fonte:cidadeverde.com

Ao réu foram imputados os crimes de feminicídio qualificado, ocultação de cadáver e fraude processual. Inicialmente a sentença era de 17 anos e seis meses, porém com a detração da pena, caiu para 13 anos, uma vez que Allisson está preso há quatro anos. Com isso, ele precisa cumprir outros quatro anos de prisão para solicitar a progressão de regime.

sem t tuloImagem: Reprodução

"Fixo a pena concreta e definitiva em 17 anos 6 meses e 15 dias de reclusão e 4 meses e 20 dias de detenção e 70 dias-multas. [...] O Artigo 387 do Código de Processo Penal, com a redação dada pela Lei 2.736 de 2012, estabelece que a detração penal deve ser realizada pelo juiz de conhecimento no momento em que é prolatada a sentença condenatória, no ponto, verifico que o condenado permaneceu preso preventivamente no período entre o dia 31 de outubro de 2017 até essa data, aplicando a detração penal, consta o total de pena de 13 anos, 7 meses e 21 dias de reclusão e 4 meses e 20 dias de detenção”, disse a juíza Rita de Cássia da Silva ao proferir a sentença.

O julgamento realizado na 2º Vara do Tribunal Popular do Júri foi transmitido através do canal do Youtube do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-PI). No momento da leitura da sentença quase 500 pessoas acompanhavam a transmissão ao vivo.

Defesa entrou com recurso

Em entrevista ao RP50, após o fim da sessão, o doutor Francisco da Silva Filho, advogado de defesa do acusado Allison Watson, analisou a decisão. "Nós hoje tivemos a oportunidade de esclarecer tudo que aconteceu, mas o Conselho de Sentença entendeu contrário à prova dos autos, que havia provas para condenar e acabou por aceitar a tese do Ministério Público, o que culminou com a condenação do acusado. Já foi interposto de apelação que agora vai para o Tribunal decidir se a sentença está realmente de acordo com as provas dos autos", disse.

Confira:

 

Relembre o crime

Na noite de 25 de outubro, Camilla foi vista pela última vez em um bar no bairro Morada do Sol, zona Leste, na companhia de Allisson. Depois passaram pelo Todos os Santos e após uma conversa foram para o povoado Mucuim, zona rural da capital. Tiveram relação, segundo consta nos autos, e após isso houve um desentendimento que terminou com um disparo de arma de fogo na região da cabeça de Camilla.

Seu corpo só foi localizado cinco dias depois após Allisson ser preso, confessar que a matou com um tiro e a enterrou em um lixão.

Fonte: 180 graus

Durante a madrugada de ontem(24), um homem foi flagrado pelas câmeras de circuito interno, praticando um arrombamento na empresa Piçarra Lubrificantes, entrando no escritório da administração e em outras dependências da empresa.
Por telefone, o Empresário Ronaldo disse que o elemento não conseguiu levar nada do interior da loja, mas foi além em suas ações. Não se contentando com o arrombamento feito, ainda entrou no lava-jato que fica ao lado, em seguida fugiu tomando destino ignorado

WhatsApp Image 2021 09 25 at 07.04.42

Da redação