• Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Casa dos frios
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Casa dos frios

suzaneCaso Richthofen: Suzane deixa prisão em saída temporária (Foto: Sebastião Moreira/Estadão Conteúdo/Arquivo)Condenada a 39 anos de prisão por matar os pais, Suzane von Richthofen deixou a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, a P1 feminina de Tremembé (SP), nesta quinta-feira (11) para a saída temporária de Dia dos Pais.
Depois de ser absolvida por informar um endereço falso na última saída temporária, Suzane recebeu autorização da Justiça e deixou a penitenciária junto com outras 40 presas que também receberam o benefício. Elas devem retornar ao presídio na próxima terça-feira (16).
Desde que foi condenada, em 2006, essa é a terceira vez que Suzane tem direito à saída temporária – sendo a primeira vez pelo Dia dos Pais.Neste ano,o Ministério Público chegou a pedir que a presa perdesse o direito às saídas por período de seis meses, depois de entregar um endereço falso para sua última saída, em maio. A Justiça, no entanto, absolveu Suzane e manteve o benefício.
Suzane havia informado um endereço em Angatuba (SP), mas não foi localizada no imóvel Como o endereço do rol de visitas da parente desta colega estava desatualizado no cadastro da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), houve divergência entre o endereço que constava no documento da saída temporária e a casa onde Suzane foi encontrada. Os dois imóveis eram próximos.
A divergência de informações foi flagrada pelo Fantástico. Suzane saiu da cidade detida e ficou em uma cela isolada como punição pela falsa informação. No entanto, no dia 8 de julho a presa foi absolvida pela Justiça que entendeu que ela não agiu de má fé.
Para a juíza, compete à administração penitenciária providenciar a atualização e exigir a comprovação dos endereços dos visitantes, com base em uma resolução da pasta. Com isso, Suzane teve o direito às saídas mantido.
Sigilo
A Justiça decretou sigilo ao processo de execução de pena de Suzane von Richthofen. A decisão atende um pedido foi feito pela detenta, por meio da Defensoria Pública.
Conforme apurou o G1, o pedido partiu de Suzane e teve como argumento a considerada excessiva publicidade dada à vida dela pelos meios de comunicação e consequente transtornos causados pela situação. Na prática, a partir de agora, os órgãos envolvidos na execução da pena poderão se manifestar apenas em juízo sobre a presa.
O pedido foi feito depois do episódio em que Suzane deu falso endereço na saída temporária de Dia das Mães.

 

Fonte: G1

0 6 300x250eUm agência do Banco Santander no Centro de Teresina foi assaltada na madrugada desta sexta-feira (12/08) e os criminosos usaram explosivos para terem acesso ao dinheiros nos caixas eletrônicos.

A agência ficou totalmente destruída e foi isolada pela polícia para que a perícia pudesse trabalhar. Várias cédulas de dinheiro ficaram espalhadas pela agência e segundo informações da polícia, apenas um caixa eletrônico foi completamente destruído.

Testemunhas afirmam que a ação aconteceu por volta de 4h e o Batalhão Operações Policiais Especiais (Bope) esteve no local.

A Agência, que fica no cruzamento da avenida Álvaro Mendes e rua Barroso, não possui vigilante durante a madrugada e um deles só chegou ao local pela manhã. Essa não é a primeira vez que o banco Santander é alvo de assaltos em Teresina. No mês passado, outra agência foi alvo dos criminosos.

Testemunhas afirmaram também que muitas cédulas ficaram espalhadas pela rua. O banco ainda não divulgou quanto foi levado do assalto.

 

Fonte: Com informações da TV Cidade Verde

No dia 12 de agosto do ano passado dois veículos colidiram frontalmente e cinco PMs ficaram feridos na BR-343, por volta das 5h30, de uma quarta-feira. O acidente aconteceu nas proximidades do assentamento Pau Caído, em Amarante.

thumbPMs feridos gravemente. (Imagem:Divulgação)

Um dos veículos foi uma viatura L-200 do 3º BPM. Os feridos foram os seguintes policiais militares: Tenente Edmauro, Sargento Edilberto, Sargento Damião, Cabo R. Nonato e Cabo Da hora. O outro veículo envolvido foi uma caminhonete, do tipo F-1000, pertencente a um professor que atua no município de Floriano.

Apesar da gravidade do acidente, todos conseguiram se recuperar, inclusive o R. Nonato e o Renato Da Hora que na época eram Cabos, hoje estão na graduação de sargentos.

acidente2Veículos envolvidos no acidente. (Imagem:Divulgação)

 

Da redação

O agente da Força Nacional Hélio Andrade, baleado durante um ataque a um carro da corporação no complexo de favelas da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro, morreu na noite desta quinta-feira (11), informou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em mensagem postada em seu perfil no Facebook.

untitled 1Soldado Hélio Andrade estava no Rio atuando na Força Nacional durante as olimpíadas; ele foi baleado na quarta-feira (10) (Foto: Reprodução / TV Globo)
O ataque à Força Nacional aconteceu na quarta (10), depois que três agentes da corporação entraram por engano na favela. Após ser baleado na cabeça e socorrido em estado grave no Hospital Salgado Filho, Hélio foi operado por uma equipe de três neurocirurgiões durante 4 horas e meia. Ao ser ferido, o soldado perdeu muita massa encefálica. Ele, porém, não resistiu ao ferimento.
De acordo com o comandante da PM de Roraima, coronel Dagoberto Gonçalves, o soldado morava no Rio de Janeiro desde 2015 e estava atuando na Força Nacional durante as Olimpíadas. Ele ingressou na PM de Roraima em 2003 e integra a Força Nacional desde 2014.
Além de Hélio, os outro agente da Força Nacional ficou ferido no ataque. O capitão Alen Marcos Rodrigues Ferreira, que atua em Cruzeiro do Sul, no Acre, teve ferimentos leves. O soldado Rafael Pereira, do Piauí, que também estava no veículo, escapou ileso.
A irmã do soldado, Edilene Andrade, disse, antes de saber que Hélio morreu, que um outro irmão e o marido dela embarcaram para o Rio na tarde desta quinta.
O ministro da Justiça expressou solidariedade à família no Facebook: "Quero expressar meus sentimentos aos familiares do soldado, que sofreu um ataque covarde e, infelizmente, morreu hoje em decorrência dos ferimentos. É um verdadeiro herói do nosso país. Nosso presidente, Michel Temer, decretará luto oficial pela morte de nosso herói. Honra e dignidade aos nossos policiais", postou Alexandre de Moraes.
Reforço nas Olimpíadas
Cerca de 6 mil agentes da Força Nacional, de vários estados, foram enviados ao Rio para reforçar a segurança durante os Jogos Olímpicos.

ministroMinistro da Justiça, Alexandre de Moraes, presta solidariedade à família de militar morto no Rio (Foto: Reprodução / Facebook de Alexandre de Moraes)

favela mareInfográfico elaborado em 10 de agosto de 2016. (Imagem:Divulgação)

 

Fonte:G1

  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Rastek
  • Espeto e Cia
  • Paraiba