• Dario PAX
  • Casa dos frios
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Casa dos frios
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Farmaduty

As polícias Civil e Militar de Inhuma (236 km de Teresina) prenderam um homem acusado de agredir e tentar abusar sexualmente da própria mãe. Segundo informações do delegado Otony Nogueira Neto, o preso, de iniciais E. da S., e mais conhecido como "Som", é usuário de drogas e teria tentado agredir a mãe com uma estaca de aproximadamente 1 metro e meio.

d0a5dbc768dd70b775af189b3afdce93Homem preso pela polícia. (Imagem:cidadeverde.com)

A prisão foi realizada na tarde de sábado (23), após denúncia da vizinhança. O delegado informou que o acusado estava visivelmente embriagado e drogado no momento em que a polícia fez o flagrante. "Ele teve que ser carregado nos braços para dentro da cela", acrescentou.

De acordo com os depoimentos colhidos pela polícia, "Som" teria chegado em casa no início da tarde, já em estado alterado, com um grande pedaço de madeira. Ele chegou a quebrar as coisas e urinar dentro de casa. Ele bateu com a madeira na cabeça da mãe, que já é idosa. Ela correu para a casa dos vizinhos, pedindo ajuda. "E, além disso, há informações repassadas à polícia no decorrer das diligências de que a idosa mora sozinha com o agressor e estaria sendo vítima de tentativas de abuso sexual pelo próprio filho", contou o delegado Otony.

O delegado disse ainda que a informação foi confirmada pela vítima. Diante dos fatos, Otony negou a concessão de fiança e pediu a prisão peventiva do acusado.

 

Fonte:cidadeverde.com

Uma criança de oito anos morreu depois de ser espancada por dois homens durante um assalto em uma estrada que dá acesso a localidade de Volta Miúda, distrito de Caravelas, região sul da Bahia, na sexta-feira (22). A vítima estava na companhia do pai, de 49 anos, a bordo de uma motocicleta, quando foram surpreendidos por dois bandidos. Os assaltantes, de 15 e 16 anos, fugiram com a moto e documentos do pai da criança, mas foram localizados pela polícia na madrugada deste sábado (23).

guriCriança de oito anos chegou a ser socorrida para hospital, mas não resistiu aos ferimentos (Foto: Arquivo Pessoal)

Segundo informações da delegacia da cidade, pai e filho foram socorridos por um homem que passava de carro pelo local. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, mas a criança não resistiu aos ferimentos.

Na manhã deste sábado, o homem de 49 anos segue internado na unidade. O hospital não divulgou informações sobre o paciente, mas de acordo com a polícia, o estado de saúde da vítima é grave.

prisaoAdolescentes foram apreendidos na madrugada deste sábado (Foto: Tyago Ramos / Teixeira News)
As investigações iniciais indicam que os assaltantes estavam encapuzados e escondidos em um matagal no momento que abordaram as vítimas.De acordo com a polícia, pai e filho teriam sido derrubados da moto e levados para uma estrada deserta, onde foram espancados e abandonados.
A polícia realiza buscas para localizar os criminosos, que foram encontrados em Rancho Alegre, distrito de Caravelas, na madrugada deste sábado. A duplha foi apreendida e encaminhada pela delegacia de Teixeira de Freitas, onde o caso está sendo investigado.

 

Fonte: G1

sn 300x250ePoliciais trocaram tiros com criminosos na noite desta sexta-feira (22/07) durante uma tentativa de assalto à agência do Banco do Brasil de Timon, cidade do vizinho estado do Maranhão. Mesmo com o prédio cercado os bandidos conseguiram fugir por um buraco feito no teto da agência.

A ação dos bandidos muito se assemelha ao registrado na última quinta-feira (21) em ação na sede da Associação Piauiense de Municípios (APPM). Nos dois casos os bandidos usaram tinta em spray para cobrir as lentes das câmeras de segurança.

A suspeita é de que o grupo estivesse disposto abrir os terminais com uso de ferramentas ou maçaricos.

Na troca de tiros, as vidraças da agência foram quebradas.

Parte da ação foi acompanhada pelo próprio gerente da agência, que monitora o sistema de vigilância de forma remota, pelo celular, o que permitiu o rápido acionamento da polícia. Mesmo assim o grupo conseguiu fugir.

 

Fonte: 180 graus

O delegado Marcelo Firmino pediu nesta sexta-feira (22) a prisão temporária de Carlos Henrique Barbosa, de 23 anos, pai de Luiz Gustavo de Souza Barbosa, de 4 anos, que morreu no hospital de Iacanga (SP) com sinais de violência. “Hoje para a polícia, o principal suspeito é o próprio pai da criança. A prisão temporária é concedida pela Justiça havendo razões que se justifique essa necessidade, para que se possa fazer o confronto da versão apresentada pelo pai, fazer eventuais reconhecimentos. São todos os procedimentos que demandam a presença do próprio investigado”, explica o delegado.

criancaPolícia investiga morte de menino de 4 anos (Foto: Reprodução / TV TEM)

De acordo com informações da polícia, na quinta-feira (21) a criança foi levada a uma unidade de saúde em Reginópolis pelo pai. Luiz Gustavo tinha vários hematomas pelo corpo. A equipe de plantão da unidade hospitalar tentou reanimar o menino, sem sucesso. O menino foi levado às pressas para o hospital em Iacanga, cidade onde a mãe mora, mas chegou à unidade de saúde já sem vida.

Também de acordo com as informações da polícia, o pai levou a criança à unidade de saúde já desacordada, dizendo que o menino havia caído no banheiro. Na declaração de óbito consta que a criança sofreu choque hemorrágico, rotura hepática, que é quando existe um rompimento do fígado, traumatismo por agressão física. Além disso, asfixia respiratória indireta, que é quando a criança se sufoca e edema cerebral.

Foi registrado um boletim de ocorrência de tortura e homicídio na delegacia de Iacanga. A mãe e o pai da criança foram levados para prestar esclarecimento, mas o pai de Luiz Gustavo acabou pulando o muro, fugiu da delegacia e é considerado o principal suspeito.
“Eu acho que ele, sentindo-se pressionado, ao perceber que vindo à delegacia quando viesse à tona a razão dos ferimentos, ele acabou se evadindo e para nós é uma confissão de culpa. Já foi instaurado inquérito e em razão das demais lesões serem compatíveis com marcas de agressão, queimaduras até por pontas de cigarro, eu instaurei inquérito para apurar homicídio e eventual tortura”, diz o delegado.
O corpo do menino foi enterrado nesta sexta-feira (22). A mãe Natália Aparecida de Souza disse que o filho já estava morto quando chegou ao hospital. “Ele chegou ontem com o Samu, e ele (pai da criança) foi direto na minha casa me chamar e falou para mim que o moleque estava bem. Mas quando cheguei no hospital o médico falou: você já trouxe seu filho morto. É horrível, perdi meu filho, uma dor terrível.”

 

Fonte: G1

  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Rastek
  • Paraiba
  • Espeto e Cia