• Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Dalva
  • Farmaduty
  • Construforte
  • floriano shop
  • Paraiba
  • Oticas Floriano
  • Construforte
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Farmaduty
  • Garoto
  • Dalva
  • Paraiba
  • floriano shop

Uma criança de três anos do sexo feminino prestou depoimento na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e relatou que sofreu abusos sexuais por parte de seu irmão, o estudante de medicina, de 22 anos.

1d27aeebafb27298dcf6d5940be06f6cFoto: Roberta Aline

O estudante - Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira - é suspeito de estuprar quatro crianças na idade de 3 anos a 15 anos – sendo duas irmãs dele e as outras duas do mesmo grupo familiar. A denúncia está sendo investigada pela delegada Camila Miranda, da DPCA. O estudante, que é piauiense e mora em Manaus, será ouvido.

O advogado Rodrigo Araújo, que protocolou a denúncia na Polícia junto com a mãe de uma das vítimas, informou que a irmã do estudante, de apenas 3 anos e outra parente de 15 anos, prestaram depoimento na DPCA.

A criança foi ouvida na sede da DPCA, no bairro Redenção, por uma equipe multidisciplinar, especializada em colher depoimento de meninas abusadas.

“O que a psicóloga me informou, e eu ainda vou ter acesso aos depoimentos delas, é que a criança de três anos confirmou que ‘manin, beijava no rosto, peito e as partes íntimas. A de 15 anos relatou inclusive os abusos da primeira vítima e a dela”, disse o advogado.

Pelos procedimentos da lei, a criança de três anos é ouvida apenas na presença da psicóloga e assistente social. A delegada, o advogado e a mãe não acompanharam o depoimento para deixar a criança mais à vontade.

Segundo Rodrigo Araújo, as outras duas vítimas serão ouvidas na presença do juiz para evitar que elas sofram com dois depoimentos, um na Delegacia e outra em juízo.

Estudante pediu indenização de R$ 20 mil

O estudante de medicina ingressou com ação pedindo indenização no valor de R$ 20 mil por danos morais e solicitando que a mãe de uma das vítimas apagasse os posts na internet que fez contra ele. A justiça negou o pedido e ele desistiu da ação.

O Cidadeverde.com tenta localizar os advogados do estudante para esclarecimentos e deixa o espaço aberto.

Fonte: cidadeverde.com

A Casa de Zabelê, localizada na Avenida Pedro Freitas, bairro Vermelha, foi assaltada na madrugada desta segunda-feira. A Casa é mantida pela Arquidiocese de Teresina para atendimento a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e, como parte das atividades, realiza oficinas de moda com os alunos. As peças confeccionadas por eles são vendidas na lojinha Zabelê Modas.

ZABELE

Os assaltantes quebraram as portas de vidro que protegiam a loja e levaram aparelhos eletrônicos. A ação dos bandidos causou ainda um prejuízo avaliado em R$ 15 mil na estrutura do imóvel. Com o prédio danificado, as vendas da loja estão sendo realizadas em um outro local da sede até que seja feito o reparo do que foi destruído. Os pedidos ou compras podem ser feitos pelo Instagram @ZabeleModas ou pelo telefone (86) 99828-5613.

Em um comunicado, a direção da Casa lamenta a insegurança vivida em Teresina e pede para que sejam desenvolvidas políticas públicas eficientes que contribuam para a redução dos índices de violência da capital.

Fonte:cidadeverde.com

A Polícia Rodoviária Federal, flagrou, nesse domingo (26), um carro com três crianças sendo usado para transporte de crack. O veículo foi interceptado na BR-343, em Parnaíba, após denúncias anônimas.

dsdsdsd4Foto:PRF

Segundo a PRF, o Chevrolet Classic era ocupado pela crianças e dois adultos, que foram presos em flagrante. No veículo, que seguia no rumo da cidade de Buriti dos Lopes, os policiais encontraram “oito porções” de crack.

Os adultos e o carro foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para realização de procedimentos cabíveis. Os presos devem responder por tráfico de drogas.

 

Fonte:cidadeverde.com

No início da madrugada desta segunda-feira (27/09), um homem, ainda não identificado, foi baleado com três tiros na região do peito, na Praça da Rodoviária em Campo Maior, no Piauí. As informações são do Campo Maior em Foco.

Segundo informações, o homem estava nas proximidades da rodoviária quando foi surpreendido por um suspeito armado, à pé, que chegou no local disparando os tiros contra a vítima.

O suspeito, ainda não identificado, fugiu e populares socorreram a vítima em estado grave, acionando o SAMU, que imediatamente encaminhou para o Hospital Regional de Campo Maior.

thumbs 1

 Fonte: 180 graus