• Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Casa dos frios
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Casa dos frios
  • Oticas Floriano

Na noite de ontem(30), a Professora Edilene Reis foi vítima de um assalto praticado por dois elementos que levaram a sua motocicleta Honda Bros, cor branca, sem placa, que a vítima recebeu na última sexta-feira. Durante todo o dia de ontem ela estava providenciando o pagamento das taxas relacionadas ao Detran para emplacamento e outros tipos de regularização, mas no horário da noite dois elementos, armados e a pé levaram o veículo da profissional de educação com apenas três dias de uso. No momento do assalto, a vítima trafegava pela Rua São José quando foi abordada pelos elementos que estavam sem capacete 

WhatsApp Image 2019 10 01 at 06.22.20Edilene Reis. (Imagem:Divulgação)

A vítima registrou o boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia onde encontrou uma vítima de assalto dizendo que os autores do crime andavam numa moto com as mesmas características do veículo que tomaram da Edilene.

 WhatsApp Image 2019 10 01 at 06.06.14Imagem ilustrativa

Da redação  

O serviço de policiamento ostensivo realizado pelos homens e mulheres do 3º Batalhão Policial Militar, apresentou durante o dia de ontem(30) o relato de três motocicletas recuperadas e uma moto roubada. O Coordenador de Policiamento da Unidade no horário compreendido das 08h até às 20h foi o Sub-Tenente Pedro Silva e nesse espaço de tempo foram recuperadas as seguintes motocicletas:

WhatsApp Image 2019 10 01 at 05.13.35Sub-Tenente Pedro Silva. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

Uma Honda bros, cor vermelha de placa ODX-9267, recuperada no bairro Irapuá I, nas imediações de uma oficina mecânica.

WhatsApp Image 2019 10 01 at 05.13.35 1Moto recuperada com a ajuda da população. (Imagem:Temístocles filho/jc24horas)

Uma Pop 100, cor preta, placa ODX-5366, foi abandonada no bairro Alto da Cruz, nas imediações da antiga Sudene.

Uma moto Traxx, cor branca, placa PIQ-5486, foi abandonada na PI-140, próximo à entrada de acesso ao conjunto Conviver.

Por outro lado, os meliantes tomaram de assalto uma moto Honda Fan, cor preta, placa NIU-5528, fato ocorrido por volta do meio dia na estrada de acesso à localidade Casulo, zona rural de Floriano.

 WhatsApp Image 2019 10 01 at 05.20.43

Da redação 

Para a delegada Luana Alves, titular do Núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), o empresário Pablo Henrique atropelou propositalmente a namorada Anuxa Alencar e a amiga dela, Vanessa Carvalho, que morreu no local.

"Ele não queria atingir só a Anuxa, pela conduta ele foi para atingir as duas moças. Analisando com cautela a gente vê dois crimes, foi o feminicídio e a tentativa de feminicídio com dolo direto para os dois", afirmou Luana Alves em entrevista à TV Cidade Verde nesta segunda-feira (30).

De acordo com a delegada,a Polícia Civil já tem imagens de câmeras de segurança que registraram a movimentação.

"Nas informações que nós temos, ele saiu com o carro, foi em direção às vítimas e um dos depoimentos diz o seguinte: ele estava no meio da pista e foi em direção à calçada", relata.

As imagens mostram o carro de Pablo em alta velocidade. "A velocidade do Pablo era muito superior a dos outros veículos que estavam passando", conta a delegada.
Convidados do casamento prestaram depoimento na Central de Flagrantes e teriam relatado uma conduta agressiva por parte de Pablo. "Foi um ato de extrema violência. Quem viu e prestou depoimento na Central e Flagrantes confirma que foi um ato de violência e não foi um ato e violência só contra a companheira, havia duas pessoas e provavelmente ele jogou o carro em direção a essas duas moças", reafirmou Luana.

A delegada titular do Núcleo de Feminicídio ainda elogiou a tipificação dada pelo delegado de plantão Bruno Mayer, que efetuou o flagrante.

"O delegado Bruno teve uma atitude extremamente inteligente, ele tipificou a conduta do Pablo em relação às duas vítimas como feminicídio e tentativa de feminicídio. No depoimento ele decidiu ficar calado, o fato dele ficar calado não atrapalha as investigações".2e4e4447d67a369e9ae9991bcd93e7a0Foto: Reprodução Redes Sociais


Depoimento de Anuxa
O inquérito sobre o caso tem 10 dias para ser concluído. A delegada de feminicídio adianta que até lá, Anuxa será ouvida. A vítima sobrevivente terá um tempo para se reestruturar psicologicamente para poder contribuir com a polícia na investigação do crime que a lesionou e tirou a vida de uma de suas melhores amigas.

Feminicídio
Segundo Luana Alves, a morte de Vanessa se enquadra em um feminicídio mesmo não havendo uma relação afetiva entre os dois.

"Se for mostrado que naquele momento a vida da Vanessa não tivesse nenhum valor para ele isso é um menosprezo e vai ser qualificado como feminicídio", explica.
Segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública, em 2018 foram registrados 25 casos de feminicídio no Piauí e 12 casos em 2019.

Fonte:cidadeverde.com

Nossa reportagem recebeu um vídeo onde mostra detalhes do acidente que aconteceu na tarde de ontem e que tirou a vida da senhora Nilda Maria da Conceição Caminha, de 64 anos de idade. Pelas imagens, pode-se perceber claramente que a moto bateu na vítima ao tentar desviar de uma outra motocicleta que invadiu a preferencial da Avenida Bucar Neto.

WhatsApp Image 2019 09 30 at 15.56.10 1A vítima e as motos segundos antes da tragédia. (Imagem:Reprodução)

Considerando que as imagens são muito fortes não vamos publlicar o vídeo, exibimos através de um print, o exato momento em que as duas motos estão prestes a se cruzar, fato que fez com que o piloto que seguia pela Bucar Neto, colhesse a dona de casa que chegou a ser socorrida, mas faleceu no início da noite no Hospital Regional Tibério Nunes.

 

Da redação

  • Rastek
  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Espeto e Cia
  • Paraiba