• Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Posto Aliança

Na manhã deste domingo a Polícia Militar efetuou a prisão de um elemento identificado como Gleidson Bruno da Silva, apontado como sendo o autor de um crime de roubo tendo como vítima a senhora de nome Ionara. A Força Tática foi acionada juntamente com as outras viaturas do serviço de policiamento ostensivo e durante as diligência o elemento foi localizado nas imediações do cemitério central São Pedro de Alcântara, em seguida conduzido para a Delegacia de Polícia onde ficou constatado que o suspeito tem várias passagens pela policia.

WhatsApp Image 2019 08 04 at 19.28.11Homem preso com arma de fogo. (Imagem:Divulgação)

As informações foram passadas pelo Sub-Tenente Hélio Avelino durante entrevista concedida ao vivo pela nossa página no facebook. Na mesma entrevista, o sub-oficial disse que foi encontrada a motocicleta Honda Titan, CG 125, cor preta, que foi tomada de assalto na noite do dia 01 de julho. A moto foi abandonada no bairro Rede Nova e levada para a Delegacia de Polícia onde será restituída ao senhor Fred, proprietário da moto. Confira detalhes na entrevista abaixo.

WhatsApp Image 2019 08 04 at 19.28.12Arma apreendida pela PM. (Imagem:Divulgação)

WhatsApp Image 2019 08 04 at 19.28.13Moto recuperada com a ajuda da população. (Imagem:Divulgação)

 

Da redação

O médico veterinário Rafael Oliveira foi vítima de assalto na noite desse sábado no momento em que estava sentado em frente a residência de sua avó na rua Sete de Setembro quando foi abordado por dois homens sendo que um deles portando uma arma de cano longo que pegaram o seu aparelho de telefone celular e sua motocicleta e fugiram em seguida. A vítima é filho do Sub-Tenente EB Jean Eufrásio.

WhatsApp Image 2019 08 04 at 05.59.02Moto recuperada graças ao sisteme de alarme. (Imagem:Divulgação)

Graças ao sistema de alarme da moto que foi acionado, a moto foi bloqueada, os meliantes abandonaram o veículo nas imediações da garagem da prefeitura e fugiram correndo sendo que um foi em direção ao centro de zoonoses no bairro Taboca e o outro no sentido do bairro São Cristóvão. A vítima foi registrar o boletim de ocorrência na Central de Flagrantes informando o emei do telefone para localizar o aparelho e tentar prender os meliantes.

 

Da redação

A auxiliar administrativa Lana Karina, 31 anos, permanece internada em um hospital particular em Teresina e deve ser ser submetida a nova cirurgia. A jovem foi raptada em Campo Maior, a 78 km de Teresina, e abandonada cerca de 40 km da cidade, após ser alvejada com dois tiros na perna direita. A irmã Daniele Ferreira pede Justiça e diz que esta é a segunda vez que ela é vítima de sequestro.

vitimacampomaiorFoto: Reprodução Instagram/ Lanakarina12

"A primeira vez foi há dois anos quando ela foi vítima de espancamento. Nunca descobriram nada. Esperamos agora um posicionamento das autoridades porque deve ter relação esse caso com o outro. A gente quer Justiça,que a polícia investigue e descubra quem fez isso. Estamos apreensivos e com medo que aconteça algo pior se nada for feito", disse a irmã ao Cidadeverde.com.

Lana Karina foi submetida a uma cirurgia para a retirada de um dos projéteis e aguarda a realização de mais um procedimento.

SEQUESTRO

A jovem foi raptada de casa na última quinta-feira (01). A vítima contou à família que os sequestradores chegaram em um carro e alegaram que tinham um mandado de prisão.

"Eles disseram que tinham uma intimação e ela estava presa, que sabia o que devia à Justiça, mas ela disse que não estava sabendo. Ela pediu o mandado, mas não entregaram e a colocaram no carro. Nossa outra irmã-que mora com ela- tentou segurar, mas pediram pra ela soltar e que ela [irmã] podia ir para a delegacia que a Lana ia ser levada pra lá e sumiram", conta Daniele Ferreira.

A irmã conta que só descobriu que a irmã havia sido sequestrada quando chegou à delegacia.

"Descobrimos que ela não tinha sido levada para a delegacia. Entramos em desespero e imaginamos que fosse um sequestro, pois há dois anos, a Lana foi sequestrada, espancada, deixada em uma estrada carroçal e a polícia nunca descobriu quem fez isso. Ficamos sem saber o que fazer. Estávamos de saída para Teresina quando ela ligou e disse que estava depois da cidade de Altos, que tinha sido abandonada e estava baleada", conta a irmã.

Ela diz que Lana conseguiu entrar em contato com a família após ser socorrida por homens que trabalhavam em uma torre de telefonia.

"A Lana relatou que os sequestradores só perguntavam por um dinheiro que o patrão tinha dado e ela disse que não sabia de dinheiro. Eles atiraram nela à toa, de graça. A gente acredita em algo mandado. Já é a segunda vez e pedimos que tomem providência, investiguem bem o caso. A gente pede Justiça. Ela é mulher e não pode tá sendo assim agredida sem nenhuma autoridade tomar providência", clama Daniele Ferreira.

A Polícia Civil do Piauí informou que está investigando o caso e, no momento, nenhuma linha de investigação é descartada.

 

Fonte:cidadeverde.com

Na noite de hoje(03) o casal Fábio e Ronaisa andava em uma motocicleta Honda NXR Bros, cor preta, placa PIG-3721 quando saia da residência da mãe de Ronaísa, ao passarem um local escuro e ermo no bairro Cajueiro II foi abordado por dois elementos que saíram de um matagal sendo um com uma arma de fogo e outro com uma faca, encapuzados, que abordaram o casal perguntando se eles tinha telefone celular. As vítimas disseram que não tinham e os meliantes levaram a moto e fugiram tomando destino ignorado.

WhatsApp Image 2019 08 03 at 22.42.13Moto levada pelos meliantes. (Imagem:Divulgação)

Da redação

  • Paraiba
  • Blossom
  • Espeto e Cia
  • Ada Atten
  • Casa Boa Esperança
  • Cabedo
  • Rastek