• Garoto
  • floriano shop
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Paraiba
  • Oticas Floriano
  • Dalva
  • Posto Aliança
  • Construforte
  • Farmaduty
  • floriano shop
  • Dalva
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Paraiba
  • Construforte
  • Posto Aliança

A mulher identificada como Vera Lúcia, que foi conduzida pela Polícia Militar para a Central de Flagrantes para explicar como gastou R$ 29.000,00 (vinte e nove mil) reais adquiridos na venda de um imóvel de um casal de idosos no MT, prestou depoimento e foi liberada. Apesar dela ter usado o dinheiro para se hospedar em hotel de luxo em Floriano e da história de maus tratos com o casal contada por uma das vítimas, na legislação não existe motivo para que ela ficasse presa, por conta disso ela prestou depoimento e foi liberada.

WhatsApp Image 2021 09 19 at 04.22.09
É no mínimo revoltante saber que um casal idosos doentes, ela com fratura no fêmur e ele com AVC, vendeu seu único bem com o objetivo de vir para Floriano e daqui providenciar o tratamento em Teresina, hoje não tem condições sequer, de pegar um taxi para ir numa consulta médica. Todo o dinheiro que eles tem é R$ 100,00 (cem reais) que a Vera Lúcia deixou com a cuidadora para comprar o remédio segunda-feira.
Em entrevista concedida ao jc24horas, a idosa disse que pagava R$ 600,00 (seiscentos reais) para Vera cuidar deles, mais R$ 1.000,00 (mil reais) para as despesas de alimentação, mas só comiam duas vezes por dia, sendo um pão com café por volta das 10h da manhã e um almoço geralmente requentado por volta das 15h
A casa que eles estão morando em Floriano está com o aluguel pago adiantado por seis meses, depois disso eles vão continuar pagando com o dinheiro da aposentadoria que já as vezes não é suficiente nem pra despesa de farmácia e alimentação. Além de ficarem sem o único bem, o casal que não tem filhos adquiram duas novas despesas. Aluguel e pagamento de cuidadora em Floriano.

Da redação