• Garoto
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Garoto

crise4300x350 300x250eMesmo diante de tantas notícias negativas, ainda há quem não acredite que exista uma crise econômica por todo o país. Mas, para fatos não há argumentos: mais 3 empresas, dos ramos da tecnologia e livrarias, fecharam as portas, no último mês, em Teresina.

As duas de tecnologia foram as filiais da Marko Informática e Supriforms, ambas na avenida Homero Castelo Branco, na zona leste da capital. Cada uma possuía cerca de 10 funcionários, sendo que a maioria foi demitida e alguns poucos remanejados para as centrais, que continuam funcionando.

A Livraria Piauiense, localizada na Dom Severino, que era considerada uma das papelarias mais importantes da zona leste, por estar localizada nas proximidades de várias instituições de ensino, também fechou suas portas. Lá funcionava ainda serviços de papelaria e gráfica.

“O movimento estava muito fraco, muito diferente dos anos anteriores, em que nesses períodos das férias tínhamos muitas vendas por conta da volta às aulas”, informou uma funcionária da livraria, que agora está trabalhando na única loja restante do grupo, no centro.

As três empresas são referências em suas áreas de atuação há décadas em Teresina. A Marko Informática, por exemplo, existe desde 1987. O fechamento de suas unidades é mais uma amostra, das diversas que já tivemos, que a crise econômica tem deixado milhões de brasileiros e milhares de piauienses desempregados.

A melhoria na economia, como apregoado com o início do Governo Temer, parece ainda não ter surtido efeitos na realidade da população.

MARKO INFORMÁTICA AFIRMA CRESCER MESMO NA CRISE

O gerente de marketing da Marko Informática, Custódio Paiva Neto, entrou em contato com a reportagem do 180 e contou que, apesar da grave crise econômica pela qual passa o país, a empresa tem tido forte crescimento em Teresina e está ampliando seus serviços na capital.

"Acredito que sim, há uma crise que tem dificultado a situação econômica no país. Infelizmente, tivemos que fechar a filial da Homero, mas os funcionários foram transferidos para a mega loja que está prestes a ser inaugurada no centro [onde fica localizada a central]", afirmou Custódio.

 

Fonte: 180 graus

  • Cabedo
  • Rastek
  • Ada Atten
  • Espeto e Cia
  • Blossom
  • Paraiba