A operação que foi desencadeada na manhã de hoje na cidade de Itaueira com o objetivo de apurar crime contra o erário público resultou na prisão de três pessoas que devem ser encaminhadas para a Penitenciária Gonçalo de Castro Lima, a Vereda Grande.

a5f233f2 b154 47a7 b493 0d0da77ad9f4Dra Débora Geane. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

A informação foi passada pela Dra Débora Geane Promotora do Gaeco, em entrevista concedida ao jc24horas. Segundo palavras de nossa entrevistada, existem denúncias de contratação de empresas para a realização de obras públicas por empresas que não apresentavam nenhuma condição de cumprir o compromisso por total falta de estrutura. "AS empresas não tem empregados nem veículos registrados em seu nome".

A compra de uma ambulância pela prefeitura da cidade de Itaueira também está sendo apurada as irregularidades apontadas na investigação. Em relação às empresas, elas são feitas simplesmente para emitir notas fiscais. Confira a entrevista na íntegra.

 

 

Da redação.

  • Paçoka
  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Med Plan
  • Espeto e Cia