• Oticas Floriano
  • Paraiba
  • chopp sabora
  • Posto Aliança
  • Construforte
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Jorge
  • chopp sabora
  • Construforte
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Paraiba
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Jorge

O presidente do PL no Piauí, Fábio Xavier, terá uma reunião nesta terça-feira (11) com o presidente nacional da sigla, Valdemar Costa Neto, para definir o futuro do partido no estado.

090f7f29224174dd5b82a23b21d9bc71Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Na avaliação de interlocutores da legenda, no encontro, que ocorrerá durante um almoço no final desta manhã, Fábio Xavier vai comunicar para Valdemar Costa Neto que deixará a direção estadual do PL para seguir marchando com o grupo do governador Wellington Dias (PT) no Piauí.

Com a saída do deputado licenciado, a cadeira de comando deverá ser repassada ao prefeito Dr. Pessoa (MDB). A avaliação é de que as conversações estão avançadas e membros que permanecerão no partido já se mobilizam nesse sentido.

Dr. Pessoa deve assumir

Ouvido pela reportagem, o vereador Leonardo Eulálio (PL), confirmou as informações. Para o parlamentar a saída de Fábio Xavier deverá ser pacífica uma vez que pesa a ligação histórica da família com o partido.

“Hoje tem um almoço do Valdemar com o presidente devido a ligação da família Xavier com o PL, visto que o Valdemar já colocou que vai acompanhar o Rafael e o governador Wellington e todo o PL em reunião já foi acordo e vejo que será feita uma negociação para saída amigável do partido, pois como falei a ligação do Fábio Xavier com o PL é uma ligação embrionária”, declarou.

Leonardo Eulálio revelou, inclusive, que já conversou com Dr. Pessoa e o com presidente da Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (Eturb), João Pessoa, para comunicar a permanência e o interesse em ser pré-candidato a deputado federal.

Assim como Fábio Xavier busca uma saída tranquila. O vereador busca uma permanência pacífica, agora que está em um partido que integrará a aposição no estado. Todo esse processo, segundo Leonardo Eulálio, foi previamente comunicado para Wellington Dias (PT) de quem recebeu o aval.

Para o vereador a saída é impossível pois não há janela partidária.

“Temos uma relação muito boa com o Rafael e com o governador e já comuniquei para ele da minha posição junto do deputado Fábio Xavier e sendo a posição do partido do PL a gente deverá estar em direções opostas, porque o PL vai ter um candidato se assim o Dr Pessoa migrar ele tem que declarar apoio ao presidente da República”, explicou.

 

Fonte:cidadeverde.com