• Garoto
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Paraiba
  • Construforte
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Dalva
  • Farmaduty
  • Garoto
  • Paraiba
  • Dario PAX
  • Construforte
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Dalva

Um homem identificado como Espedito Antonio de Lima, de 34 anos, foi assassinado na tarde desse sábado (20), por volta das 15h30, próximo à sede do Grupamento da Polícia Militar do município de Lagoa do Sítio, distante 234 quilômetros de Teresina.

91751cc351641c6044e19ed260cf3e14Foto: Reprodução/WhatsApp

Segundo informações do comandante do GPM de Lagoa do Sítio, tenente Lourival Barbosa, a vítima havia discutido com o suspeito do crime, um homem de 43 anos identificado pelas iniciais A.F.C.F, em um estabelecimento no povoado Baixa dos Noronhas, a sete quilômetros da cidade.

Após a discussão, Espedito Antonio saiu em um veículo em direção à sede do GPM para pedir ajuda da Polícia e o suspeito também saiu seguindo a vítima em uma motocicleta. Ainda de acordo com a Polícia Militar, ao chegar próximo ao Grupamento, o suspeito alcançou a vítima e efetuou um disparo na região da cabeça de Espedito Antonio que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local.

Já segundo relato de testemunhas, a vítima tentou se esconder na sede do GPM e procurar ajuda, mas não havia nenhum policial no local. O tenente Lourival Barbosa explicou que ao tomar conhecimento do fato se dirigiu imediatamente ao local com reforço policial.

“De fato a intenção dele era procurar a polícia, mas o suspeito o alcançou antes de chegar no GPM. No momento de fato não havia policial no GPM, mas logo que tomei conhecimento do ocorrido, me dirigi ao local imediatamente com reforço policial de Valença, onde iniciamos imediatamente as diligências” explica o comandante.

Sobre a falta de policiais, o comandante do GPM ressaltou que o pouco efetivo policial e o sistema de escala acaba deixando um dia da semana sem plantão na sede do GPM.

“O problema de não ter policial na hora do fato, é porque o efetivo do GPM é só de três policiais, concorrendo a uma escala de 24 horas por 72 de folga, nessa escala sempre vai ficar um dia sem plantão, sendo que fica um só de plantão por dia”, ressalta o tenente.

O delegado da região também informou ao Cidadeverde.com que irá abrir um inquérito sobre o caso e que já possui a identidade do suspeito que se encontra foragido no momento. A investigação também deverá apontar a motivação do crime.

Fonte: cidadeverde.com