Alexandre Mattos deixou claro que tem interesse em contar com Ricardo Goulart, mas fez uma lista de condições para efetivar a contratação do meia-atacante.

bd35cd871addfe08bfe617b3c842d3f1Dudu se reapresentou ao Palmeiras, mas segue na mira dos chineses - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (4), o diretor de futebol do Palmeiras afirmou que a questão financeira é a principal pendência a ser equacionada.

Com contrato até janeiro de 2020 no Guangzhou Evergrand, o atleta usa as instalações da Academia de Futebol para voltar à melhor forma física. Fora de campo, tem ótimo relacionamento com Alexandre Mattos e Felipão. Ele segue no Brasil à espera de uma definição.

"O Palmeiras tem um grupo bem sacramentado, bem definido pela comissão técnica. O Ricardo é excepcional jogador, é um grande amigo meu. Adoro ele a família. Mas ele ainda está se recuperando da lesão, está se tratando aqui conosco e não tem conversa com o time dele ainda.

Se, em algum momento, após a recuperação, tiver a viabilidade financeira, compatível com o que o Palmeiras entende, vamos estudar o caso", explicou.

"Não estamos ansiosos. Nem eu e nem a comissão. A imprensa está mais. Neste momento, não tem nenhum avanço, porque ele está em recuperação. E também não temos um direcionamento do time da China para entender o que o seria esse negócio com o Goulart.

Os representantes também querem entender os movimentos da China antes. Temos que ver essas condições e ver se é viável. Já há alguns anos a gente procura entender o caso dele. Mas analiso que tudo o que a comissão pediu a gente já deu, especialmente a velocidade nas extremas", completou.

Além de Goulart, o que tem tirado o sono do torcedor palmeirense é a condição de Dudu. Com contrato até 2022, ele tem sido bastante assediado pelos chineses. Nenhuma proposta oficial, no entanto, chegou nas mãos do Alviverde, que promete fazer o máximo para segurar o camisa 7.

"O Dudu tem contrato com o Palmeiras até 2022. Já entraram em contato por ele no meio de 2016, que foi o momento mais crítico e poucos ficaram sabendo e quase não falaram. Lá foi bem difícil segurar.

Depois, recebemos contatos em janeiro de 2017, da China, no meio de 2017, da China de novo, em janeiro de 2018, novamente da China, e agora no meio com a situação mais forte, quando fizemos o projeto de carreira com ele", afirmou o dirigente.

"Os chineses ouvem o não da gente e depois falam com o jogador, oferecem 10, 15 vezes o que ganha e deixa todo mundo louco. Mas o Palmeiras tem projeto. O Dudu tem contrato, está feliz e treinando. Se tiver alguma proposta, nós vamos fazer de tudo para segurar. O interesse é segurar. Mas todos os departamentos do clube são equilibrados, não fazemos loucuras e entendemos todos os lados", finalizou.

Antes de dar a coletiva de imprensa, Alexandre ainda apresentou os cinco reforços do Palmeiras. Arthur Cabral, que veio do Ceará, Zé Rafael, do Bahia, Matheus Fernandes, do Botafogo, Carlos Eduardo, do Pyramids (EGI), e Felipe Pires, Hoffenheim (ALE), foram apresentados.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Após três meses de silêncio, o goleiro Diego Alves, enfim, falou pela primeira vez após o episódio onde foi acusado de ter se recusado a viajar com o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro de 2018.

790c37e3f2fa8a317fc76048bdefbb67Foto - Gilvan de Souza/Flamengo

Ao lado da nova diretoria de futebol do clube, ele negou que tenha tomado essa atitude, demonstrou mágoa com os antigos dirigentes e revelou que viveu momentos difíceis com as críticas que recebeu.

"Em nenhum momento quero a titularidade assegurada. Na Europa sempre teve revezamento. Em três meses falaram inverdades, denegriram minha carreira, atingiram minha família.

Durante três meses, a primeira ligação que recebi do clube foi das pessoas que estão aqui hoje. Tive uma conversa franca com o Dorival Júnior (técnico) antes dele ir.

Aí tive ainda mais certeza de quem fez essa coisa suja tentando denegrir minha imagem. Recebi porrada de tudo que é lado, de pessoas que nem me conhecem", desabafou.

De acordo com o goleiro, conversas com o vice de futebol, Marcos Braz, e, principalmente, com o técnico Abel Braga, foram fundamentais para sua decisão de ficar no Flamengo.

"Eu tinha que resolver essa situação interna com o Flamengo.

O Marcos Braz me ligou logo que assumiu. Conversamos. Depois tive uma conversa muito franca com Abel. Falei o que penso e a verdade. Ele é a pessoa responsável por eu estar hoje aqui", disse.

Diego Alves também fez questão de elogiar seu companheiro de setor César, que acabou o substituindo e ficou no meio da polêmica criada:

"Ninguém sabe o que acontece aqui dentro. César é um menino maravilhoso. Fico feliz porque ele correspondeu. O Flamengo tem que dar valor à base. Não se ganha no grito. Nunca exigi nada. No meu contrato não diz que devo ser titular. Conversei com César e com todo o elenco".

Em tom duro, o goleiro apontou o motivo que, em sua concepção, fez a antiga diretoria alegar que ele havia se recusado a viajar.

"Nunca recusei uma viagem na minha vida. Sou profissional. O clube está acima de qualquer jogador. Nunca tinha passado por isso. Levaram a notícia completamente distorcida. Vocês sabem muito bem quem é da diretoria passada. Desviaram o foco da venda do Paquetá para mim", desabafou.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

O Grêmio encaminhou os detalhes finais e aguarda encontro com os representantes de Felipe Vizeu para fechar a contratação por empréstimo de uma temporada. Até o início da semana, a expectativa da direção tricolor é que o acordo esteja concluído.

9b4eb63fb454841d7edf9e38ef563249Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Vizeu chega emprestado pela Udinese, da Itália, com cláusula de compra estabelecida ao fim do período. O desacordo de R$ 100 mil informado pelo UOL Esporte será vencido no encontro com os representantes do jogador, da OTB Sports, ainda nesta sexta.

Desta forma, o jogador chegaria a Porto Alegre no fim de semana, realizando exames médicos e sendo anunciado pelo clube gaúcho. Com 21 anos, ele se destacou nas categorias de base e no principal do Flamengo e foi negociado com a Udinese em 2018. Mas na Itália não teve o melhor aproveitamento e jogou apenas cinco partidas oficiais.

Na quinta-feira, o Grêmio anunciou suas duas primeiras contratações para 2019. Trata-se do volante Rômulo, emprestado pelo Flamengo, e do goleiro Júlio César. A expectativa da direção é que mais três ou quatro nomes sejam oficializados até o fim da próxima semana.

Com o desfecho esperado pelo Grêmio, Vizeu chega para concorrer por posição com André e Jael no comando de ataque gremista.

MARINHO SALDANHA
PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS)

Depois de mostrar o interesse em levar o zagueiro Dedé, o Flamengo também pretende tirar o meia De Arrascaeta do Cruzeiro. A informação foi antecipada pela Rádio Itatiaia e confirmada pela reportagem com o estafe do jogador.

939e2dc7423c0474e8cd6bd2fd9c498c 1Crédito: Foto: Divulgação/Cruzeiro

O clube entrou em contato com o agente do uruguaio e sinalizou com uma proposta de 10 milhões de euros. Arrascaeta tem contrato com o Cruzeiro até o final de 2021, além de uma multa avaliada em cerca de R$120 milhões.

Recentemente, a diretoria celeste afirmou que só aceitaria iniciar as conversas pelo jogador a partir de uma proposta de 20 milhões de euros (R$85,6 milhões), valor abaixo do proposto pelo Flamengo, que é de R$42,8 milhões. O Cruzeiro tem 25% dos direitos econômicos do uruguaio.

Itair Machado, vice-presidente do Cruzeiro, terá uma conversa com um dos empresários de Arrascaeta nesta quinta-feira. Também nesta quinta, o dirigente estará na Toca da Raposa para a reapresentação do elenco celeste, e concederá uma entrevista no CT.

ENRICO BRUNO E THIAGO FERNANDES
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS)

  • G  Gas
  • Garoto
  • Rosa Branca
  • Mega Link
  • Açai Pizza
  • Nortista
  • Espeto e Cia
  • Anjos do Saber
  • Faculdade Fera
  • Miguel Eletromoveis
  • Galeria dos Calçados
  • Gran Pizza
  • Ada Atten