• Jorge
  • Oticas Floriano
  • Construforte
  • Posto Aliança
  • chopp sabora
  • Garoto
  • Paraiba
  • Dario PAX
  • Paraiba
  • chopp sabora
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Jorge
  • Construforte

O Repórter Carlos Iran acompanhou de perto a partida final da Copa Dalas na cidade de Barão de Grajaú. Nos primeiros segundos do primeiro tempo já teve gol na emocionante decisão. Confira no vídeo, 04 minutos dessa emoção do esporte proporcionada na vizinha cidade maranhense.

bet

Da redação

Santos e Red Bull Bragantino fizeram um bom jogo na noite deste sábado na Vila Belmiro. Mesmo com o gramado pesado por causa da chuva, a partida foi bastante movimentada, com os dois times apresentando propostas ofensivas.

c07ce35adcd518758368bcb86ed5291bFoto - Santos - Divulgação

No final, o empate por 2 a 2 premiou a eficiência santista na primeira etapa, quando chegou a abrir 2 a 0, e o melhor futebol apresentado na maior parte do tempo pelos visitantes, que conseguiram reagir. As duas equipes têm 18 pontos no Campeonato Brasileiro, o Santos em quinto e o Bragantino em sétimo.

Em campo, a primeira boa chance foi do Bragantino. Hyoran fez boa jogada e bateu de fora da área, mas João Paulo conseguiu espalmar para escanteio.

Na sequência, Jan Hurtado desviou chute de Artur e a bola, fraca, rolou caprichosamente em direção à trave, permitindo que o goleiro santistas fizesse a defesa na volta.

O Santos respondeu logo depois com um chute de Bruno Oliveira, mas a bola foi no centro do gol e facilitou a defesa de Cleiton.

O Santos abriria o placar aos 16 minutos, após falha feia de Lomónaco. Em jogada de Rodrigo Fernández e Lucas Braga pela direita, a bola foi cruzada rasteira na área e o zagueiro, ao tentar cortar, deu no pé de Léo Baptistão, que livre na grande área, mandou a bomba sem defesa para Cleiton.

O Bragantino continuou mais perigoso e criando boas chances, como aos 28 minutos. Aderlan cruzou e Jan Hurtado, já na pequena área, cabeceou forte, mas João Paulo desviou, em defesa incrível

Se o time do interior tinha mais volume, o Santos era mais eficiente. E fez o segundo aos 35 minutos. Após ótimo lançamento de Bruno Oliveira, Marcos Leonardo driblou Cleiton e tocou para Léo Baptistão, livre, tocar para o fundo do gol.

O time visitante continuou martelando e diminuiu aos 46. Em outra jogada pela direita, Aderlan foi ao fundo, tocou para trás, a bola desviou em um santista e sobrou para Hyoran marcar

O Bragantino voltou pressionando no segundo tempo, ficou rondando a área santista, mas a primeira boa oportunidade da etapa foi do time da casa, mas Jhojan Julio concluiu mal.

Porém, o Santos estava sendo dominado e aos 12 minutos o técnico Fábian Bustos fez três alterações, colocando Ângelo, Sandry e Rwan, para tentar equilibrar o jogo.

O time melhorou um pouco, criou boas chances com Rwan e Ângelo, mas o Bragantino continuava melhor. E chegou ao empate em um golaço de Luan Cândido.

O lateral soltou uma bomba de fora da área e acertou o ângulo de João Paulo. O Bragantino se manteve no ataque, pressionando o Santos, que se defendia como podia. E contou com o goleiro João Paulo para manter o empate.

No sábado, o Santos terá o clássico com o Corinthians na Neo Química Arena e não poderá contar com o goleiro João Paulo e o meio-campo Zanocelo, que receberam o terceiro cartão amarelo e vão cumprir suspensão. Antes, há o clássico pelas oitavas da Copa do Brasil, quinta-feira, também na capital.

Fonte: Estadão Conteúdo

Após ser aprovado nos exames médicos realizados em São Paulo, o atacante Éverton Cebolinha desembarcou no Rio no início da tarde deste sábado para assinar um vínculo de cinco temporadas com o Flamengo.

67072788986b57f4bf93ce518af8d967Reforço do Flamengo: Everton Cebolinha no desembarque no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/Canal FlaZoeiro)

Recepcionado pelo vice-presidente de futebol Marcos Braz e também pelo diretor executivo Bruno Spindel, o atacante de 26 anos falou sobre a sua chegada ao clube.

"Sempre foi um sonho vestir essa camisa. Espero ser feliz aqui", afirmou o atleta que foi contratado junto ao Benfica, de Portugal. Para contar com o atleta, o time da Gávea vai desembolsar 13,5 milhões de euros (cerca de R$ 72,5 milhões)em seis parcelas.

O montante, no entanto, pode crescer caso as metas estipuladas no acordo sejam batidas e o valor pode atingir os 16 milhões de euros (R$ 85,9 milhões). Existe a expectativa de que o anúncio oficial da chegada da nova atração seja feita neste sábado.

Em meio à torcida que o recebeu no aeroporto, Cebolinha foi questionado sobre as chances de integrar o grupo da seleção brasileira que vai disputar a Copa do Mundo no Catar no final deste ano. "Se falar que não, estaria mentindo", afirmou.

O atacante, que brilhou no Grêmio antes de se transferir para o futebol português, foi um dos destaques da seleção de Tite que conquistou a Copa América em 2019.

Pelo planejamento do clube, Everton só retorna ao Rio no final do mês para aprimorar a condição física, já que ele só terá condições de jogar após a abertura da janela de transferências que começa no dia 18 de julho. Assim, após a assinatura do contrato, o jogador retorna para Fortaleza.

A chegada do atleta coincide com uma baixa importante no elenco de Dorival Júnior. Bruno Henrique sofreu grave lesão no joelho direito e dificilmente retorna aos gramados nesta temporada. O treinador flamenguista tem à disposição Gabigol, Pedro, Marinho e Vitinho para o setor ofensivo.

Fonte: Estadão Conteúdo

Diego Souza completou 37 anos na sexta-feira e, neste sábado cedo, fez os dois gols da vitória do Grêmio sobre o Sampaio Corrêa, por 2 a 0, na Arena do Grêmio, pela 13.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

d06e3b863665c2853b6ea6ffd7146dd7Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O experiente atacante se tornou o maior artilheiro do século, com 80 gols, e brindou com quase 31 mil torcedores a volta do clube ao G-4, zona de acesso para a elite em 2023.

Com 21 pontos, o time gaúcho subiu de quinto para quarto lugar, ficando dois pontos na frente do Sport, com 19. Mas o rubro-negro pernambucano ainda vai atuar nesta rodada, fazendo o clássico com o Náutico, no Estádio dos Aflitos, em Recife (PE).

Agora o Sport precisa ganhar, para chegar aos 22 pontos e superar o Grêmio. O Sampaio continua com 15 pontos em 10.º lugar

Esta ascensão gremista é resultado, com certeza, do poder de finalização de Diego Souza. Ele é agora o artilheiro isolado da competição com sete gols, que representa mais de 60% dos gols gremistas, cujo inoperante ataque só balançou as redes por 11 vezes em 13 jogos.

Nesta temporada, Diego Souza já marcou 12 gols. Na passada foram 24 e mais 28 em 2020.

Juntando com os 16 gols em sua primeira passagem pelo clube, em 2007, são 80 gols, dois a mais do que Jonas (78), então maior goleador do século 21. "Eu estou muito feliz por esta nova marca O mais importante é sempre o Grêmio", resumiu.

Em campo, porém, o Grêmio voltou a mostrar muita lentidão e dificuldades com seu ataque. Apesar da defesa ser a melhor da competição, com quatro gols sofridos, o time não convence na frente.

O tricolor só teve uma chance real com Janderson, aos 26 minutos, quando num contra-ataque ele recebeu pelo lado direito,invadiu a área e chutou forte, mas nas mãos do goleiro Luiz Daniel que rebateu.

O gol saiu aos 35 minutos, após uma falta do lado esquerdo com Diego Barbosa, que fez o levantamento bem alto. O goleiro Luiz Daniel saiu e ficou no meio do caminho, permitindo a cabeçada de Bruno Alves que acertou o travessão. Na volta, Diego Souza, na pequena área e de frente, completou de cabeça para as redes.

O Sampaio Corrêa foi totalmente nulo no ataque no primeiro tempo Só ameaçou aos oito minutos do segundo tempo, num chute travado de Gabriel Poveda, que desviou na defesa, subiu e exigiu grande defesa de Gabriel Grando. O goleiro saltou e deu um tapa na bola para escanteio.

Aos 21 minutos Diego Souza se apresentou como garçon e fez passe preciso para Gabriel Teixeira, dentro da grande área, finalizar. Apesar do chute forte, Luiz Daniel espalmou para escanteio. Mas o dia era mesmo do maior artilheiro do século que fez o segundo gol aos 32 minutos, de pênalti.

Dois minutos antes, a bola tocou no braço do zagueiro Nilson Júnior. O camisa 29 foi para a cobrança e chutou do lado esquerdo de Luiz Daniel que saltou certo, mas não alcançou a bola que morreu no cantinho. Na comemoração, a torcida se rendeu ao seu maior goleador gritando o seu nome.

Aos 41 minutos, Campaz ainda marcou um gol, com chute de esquerda no canto. Mas o VAR foi acionado e apontou o impedimento, deixando que esta vitória não tivesse outro herói além de Diego Souza.

O Grêmio, agora, vai jogar contra o CSA, quinta-feira, daí 23, em Maceió (AL), às 21h30 pela 14.ª rodada. O Sampaio vai tentar a reabilitação em casa diante da Ponte Preta, na mesma noite e horário, em Campinas (SP).

Fonte: Estadão Conteúdo